Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.ups.edu.ec/handle/123456789/10196
Title: Impacto da política afirmativa de costas para afro descendentes na faculdade Salesiana Dom Bosco
Authors: Silva, Arlete Oliveira Conceiçao da
Advisor: Herrera Montero, Luis Alberto
Keywords: GESTIÓN EDUCATIVA
AFRODESENDIENTES
DON BOSCO
Issue Date: 2011
Abstract: O processo de discussão sobre a diversidade étnico-racial que vem ocorrendo em todo o mundo, tem se dado no Brasil em vários setores da sociedade. Neste estudo é realizado resgate histórico da situação do afro descendente, desde os diversos momentos nos quais lhes foi interditado (por lei) o direito à escolaridade, o nível dos desequilíbrios sócio econômicos que atinge esta parcela da população, até as atuais políticas públicas de caráter afirmativo que visam fazer frente ao preconceito e racismo presentes ainda hoje na sociedade. A dimensão sócio-educativa é priorizada na analise realizada. A Educação é considerada como um dos instrumentos de transformação social, e o ensino superior é apontado como possibilidade de ascensão social, oportunizando reforço à autoidentificação e elevação de auto-estima das chamadas minorias que se encontram excluídas socialmente. O afro descendente e seu acesso ao ensino superior é a problemática central do estudo. Dentre as políticas públicas de ação afirmativa, no âmbito da Educação destaca-se o Programa Universidade para todos-PROUNI, criado em 10/09/2004 por medida provisória nº 213 e institucionalizado pela lei nº 11.096/2005, destinado a oferta de bolsas de estudo em faculdades particulares, para pessoas sem diploma superior, com baixa renda, egressos de escola pública e com reserva de vagas para afro descendentes e indígenas. O programa privilegia a formação de profissionais que possam servir a seus iguais como incentivo e motivo de auto-afirmação. Para que isto ocorra é necessário que as instituições de ensino que implantarem o PROUNI, estejam disponíveis, assim como os gestores preparados para acompanhar seu desenvolvimento. Em síntese a pesquisa levantou o impacto no âmbito da organização da universidade (nos seus aspectos positivos e dificuldades) na implantação e acompanhamento do programa em uma instituição de ensino superior-IES da cidade de Manaus-AM. O impacto no âmbito da organização da universidade foi analisado sob a ótica da gestora do programa, dos gestores da IES e dos acadêmicos bolsistas envolvidos. Foram utilizados como instrumentos de pesquisa, entrevistas, reuniões, contatos informais e pesquisa documental, além de pesquisa bibliográfica sobre o tema. O processo de analise de dados interrelacionou elementos colhidos via diferentes fontes de informações, garantindo uma perspectiva mais ampla da realidade estudada. Os resultados conseguidos apontam para uma coincidência entre alguns dos objetivos da IES e do PROUNI, demonstram a necessidade de maior conhecimento sobre o programa. O impacto de maior relevância que a pesquisa destacou foi o que ao introduzir as cotas para afro descendentes, a IES fez com que a problemática desta população ganhasse visibilidade, tendo que ser enfrentada, admitindo-se todos os bloqueios e preconceitos naturalizados pela sociedade.
Description: The process of discussion on the ethnic-racial diversity that has been occurring throughout the world, has occurred in Brazil in various sectors of society. This study is conducted historical review of the situation of african descent, from the several moments in which they were forbidden (by law) the right to education, the level of socio-economic imbalances affecting this portion of the population by the current policies of character so that aim to tackle prejudice and racism still present in society today. Education is seen as an instrument of social transformation, and higher education appointed as a possibility for social mobility, providing opportunities for strengthening the self-identification and increased self-esteem of so-called social minorities who are excluded. The african descendent and their access to higher education is the central problem of the study. Among the public policies of affirmative action under the Education stands out the Program University for All - PROUNI, created on 10/09/2004 by a provisional measure No. 213 and institutionalized by law 11. 096/2005, to offer scholarships at private colleges, for people without advanced degrees, with low-income public school students and to reserve places for african descent and indigenous peoples. The program focuses on training professionals who can serve their peers as an incentive and motive of self-assertion. For this to happen it is necessary that the educational institutions that deploy PROUNI, are available, as are managers prepared to follow its development. To sum up the impact of the research (in its positive aspects and difficulties) occurred in the implementation and monitoring of the program at an institution of higher education-IES from Manaus - AM, from the perspective of managing the program, managers and the IES fellows of the academics involved. We used interviews, meetings, informal contacts and desk research as well as literature on the subject. The process of data analysis interrelate the various sources of information providing a broader perspective of the reality studied. The results obtained indicate a coincidence between some of the goals of IES and PROUNI demonstrate the need for more knowledge about the program. The impact of greater importance that the search highlighted what was to introduce quotas for african descent, the IES has made the problems of this population gain visibility and had to be addressed, assuming all locks and prejudices naturalized by society.
URI: http://dspace.ups.edu.ec/handle/123456789/10196
Appears in Collections:Maestría en Educación con Mención en Gestión Educativa GIRON - Tesis de Postgrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UPS-QT03503.pdfTexto completo1.05 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons